Home

Oi amigos, sou Rogério, um dos membros do Grupo Solidary e gostaria que tirassem 10 minutos do seu dia para ler esse post.
Há quase dois anos faço parte desse Grupo, que tem o intuito de ajudar e levar o bem sem ver a quem!

Um trabalho surpreendente e bonito de se fazer, algo que faz bem para todos, os que são ajudados e principalmente quem ajuda. O Voluntariado não é algo fácil! Ao contrário, ele é muito difícil e requer muita paciência e dedicação para que possa ser realizado com sucesso.

Dias atrás, parado em meu sofá comecei refletir sobre pessoas reclamando do poder público, das condições de moradia, infraestrutura e de outros itens que com certeza precisam ser melhorados, porém, sempre pergunto ao meu coração:
O que posso fazer para ajudar? O que posso fazer para me tornar parte integrante desse mundo de um modo que some e não subtraia bons sentimentos e sorrisos?
Em nossa última ação “Caminhada com os moradores do Lar Nossa Senhora da Conceição”, peguei a pensar o quanto as pessoas perdem em ficarem em suas casas e não lutarem por um mundo melhor. Por um instante na caminhada parei e observei cada rosto, as lágrimas naquele momento não eram de tristeza e sim de felicidade, o sorriso dos membros do Grupo e de quem foi ajudar eram de pura gratidão e felicidade por um instante nada poderia tocar aquele pedaço de céu que todos nós construímos.
Na volta para a casa tive a oportunidade de estar com os moradores na perua e recebi alguns agradecimentos e elogios pela manhã especial que tivemos, no outro dia, umas das colaboradoras do Lar nos informou que eles gostaram muito e contavam daquela manhã para as colaboradoras que não estiveram conosco…algo sem palavras para traduzir.
O que me impressiona é que algo simples que durou de três a quatro horas pode trazer um sentimento tão bom para todos que lá estiveram. Às dificuldades para realizar a ação foram esquecidas e o AMOR tomou conta do coração de cada um de nós.
Não foi necessário fazer uma superprodução e nem “perder” tempo como muitos pensam, na verdade ganhamos muito mais do que eles com cada sorriso conquistado, com cada palma batida, com cada obrigado ouvido, com certeza um momento único na minha vida, mais um além daqueles que já participei e que trago registrado em meu coração.
Quero enaltecer a presença de meus amigos e companheiros de Grupo Solidary Verônica, Sandra, Gilmar, Danilo, Gilcimar e Rafael que me trazem uma alegria muito grande e a certeza que as coisas sairão certas e que o amor será pleno em cada gesto que eles praticam!
Escrevo essas linhas, pois, gostaria que todos vocês sentissem a alegria e a sensação de gratidão que o voluntariado proporciona, com ele, conseguimos ser melhores como pessoa e ter mais calma para resolver nossos problemas, além de levar esse amor que transborda em nosso coração, por encontrarmos carinho onde pensamos não existir, por fazer parte de tudo isso que me transforma a cada dia e mostra que ficar no sofá parado assistindo TV não ajudará em nada o próximo e principalmente o meu coração que se sentiu sozinho e vazio por muitos dias e que hoje se encontra cheio de fé, esperança e amor cheio de vontade de cada dia mais poder levar o BEM SEM VER A QUEM!
Não posso deixar de agradecer todos que ajudam o Grupo Solidary, vocês são financiadores de sonhos, se não fossem por vocês nada poderia ser realizado e conquistado, vocês fazem toda diferença e minha torcida é que possam nos acompanhar nessas missões que despejam alegria e força em nossos corações…
Que possamos sempre manter essa união e levar força e carinho para todos aqueles que precisam…
Abraços!